Archive

Archive for the ‘Off-topic’ Category

Sobre SOA e o QCon 2013

09/01/2013 15 comments

Pessoal,

De tanto falar sobre esse assunto no twitter, acabei escrevendo sobre tudo o que rolou no QCon 2013 por aqui mesmo (não sei se alguém vai ler, mas pelo menos evito de ficar re-escrevendo sobre isso).

Vamos aos fatos:

1) O Phillip Calçado (@pcalcado) colocou um slide, na sua palestra no QCon 2013, dizendo: “Tudo o que a Oracle/IBM/Microsoft falam sobre SOA em larga escala é mentira”.

O slide da discórdia

O slide da discórdia

2) Isso foi exatamente na sequência de uma palestra do Felipe Oliveira (@scaphe), falando exatamente sobre como a SOA|Expert resolveu alguns problemas utilizando ferramental conhecido por integrar o mundo SOA (não que usar as ferramentas significa usar SOA, mas isso já é outra história).
3) A IBM foi patrocinadora platinum do evento (a única). A SOA|Expert é parceira da Oracle (e de outras empresas, também), e também patrocinadora.
4) EU (Alexandre Saudate) não assistí à palestra do Phillip, apenas o Felipe Oliveira, que me disse que no slide, especificamente, o palestrante falou olhando para o Felipe, como em tom de deboche.

O que aconteceu na sequência, pode ter sido, talvez, uma série de desentendidos. O Tiago Peczenyj (@pac_man) mandou um tweet dizendo que SOA não escala (eu já havia conversado com o Felipe sobre o ocorrido na palestra, pouco antes). Eu respondí o tweet perguntando quem disse, já que o palestrante do Netflix, Jeremy Edberg (@jedberg), tinha falado sobre o uso de SOA no Netflix e porquê isso tinha sido uma vantagem no caso deles. Não respondí com qualquer segunda intenção ou qualquer coisa do tipo; acredito (e sempre acreditarei) que o debate, nesses casos, é sempre uma boa saída para todo mundo: se o Phil expusesse o ponto dele e eu entendesse que, sim, é uma mentira, eu seria provavelmente o primeiro a dizer exatamente isso para quem estivesse disposto a escutar. O problema é que a resposta do Tiago foi, exatamente: “#trolololo”.

Amigos, eu não faço idéia do que significa #trolololo. Nem sequer conheço o Tiago pessoalmente para, talvez, tirar conclusões sobre isso. Mas entendí como sendo algo do tipo: “não dou a mínima pro que você está falando”. E, é óbvio, não achei uma resposta muito boa a se dar. Chamei o Thiago para conversar sobre isso no estande da SOA|Expert, mas ele não foi (me disseram que, a esta altura, ele já estava no bar há tempos).

Vamos ao que eu acredito:

1) O Phillip deveria ter falado o que disse? Sim e não. Como eu disse antes, várias coisas são questão de opinião. O que muda é a maneira com a qual você expõe sua opinião. O Phillip poderia ter postado algo do tipo “Nunca ví, na prática, nada do que a Oracle/IBM/Microsoft falam sobre SOA em larga escala funcionar”. Seria a mesma coisa, não seria? Quer dizer, o significado seria o mesmo; mas deixaria aberto para discussões a respeito. As pessoas poderiam levantar a mão e perguntar “quais foram os casos que você viu? O que não funcionou?”. O Phillip é um cara que tem muitos anos de estrada, mesmo como palestrante, e sabe da diferença entre duas afirmações. Portanto, sim, acredito que isso foi não-profissional da parte dele.

2) Muitas pessoas têm dito que estamos reclamando de “eu estou pagando, então não falem mal de mim”. Para aqueles que dizem isso, o que digo é apenas o seguinte: estamos sendo mal-interpretados. Ninguém ligaria se o Phillip tivesse colocado o slide da forma como eu coloquei acima. Acontece que ele colocou isso de uma forma extremamente pejorativa e, francamente, ninguém gosta de ser chamado de mentiroso, certo? Acontece que a Oracle/IBM/Microsoft, por serem empresas, não têm sequer como se defender em um formato como o Twitter, por exemplo. Acredito que farão isso por vias judiciais (isso é entre eles). Mas eu encaro isso como o seguinte: todos investem em um evento por quererem promover seus produtos/serviços/whatever, certo? Porque alguém iria querer investir em algo e ser criticado? Acho que o Phillip tem todo o direito de ter a opinião dele, mas, novamente, ele expressou a opinião dele como se fosse um fato, e eu sinceramente duvido que muitos desenvolvedores tenham consciência da diferença entre as coisas.

3) Eu tenho algo contra o Phillip ou o Tiago? Não, de maneira nenhuma. Na verdade, até ontem, sempre admirei e respeitei o trabalho de ambos, que eu conheço tanto através do GUJ quanto através de eventos. Pouco antes de começar a palestra do Phillip, eu fiz inclusive propaganda dele, para um amigo que não o conhece. Não assistí a palestra pura e simplesmente porque eu ia sair da sala e, quando percebí, já tinha saído e era a palestra dele. E tinha MUITA gente!

4) Acredito que muitos, muitos mesmo, não sabem o que é SOA. Muitos associam a serviços clássicos, como WS-*, SOAP e tudo o mais. Se for o seu caso, leitor, saiba que não é bem assim. SOA tem tanto a ver com WS-*, BPEL, ESB e tudo o mais quanto tem a ver com REST. SOA não é uma tecnologia, nem metodologia, nem nada do tipo. SOA é um paradigma, tem mais a ver com a forma com quê você faz as coisas do que o que você usa para fazê-las. Isso quer dizer que é perfeitamente possível ter SOA utilizando apenas serviços REST (eu mesmo gosto muito deste tipo de arquitetura).

5) Não sei dizer se o Phillip sabe do exposto acima. Novamente, não o conheço pessoalmente, nem assistí à palestra. Mas já conhecí muitas pessoas com a mesma capacidade técnica dele e poucos sabiam disso. Não quero generalizar, mas essa é uma percepção externa. Gostaria de bater um papo com ele sobre a arquitetura da SoundCloud (que até já tinha visto ele falar sobre em outro evento, não me lembro qual), porque parece realmente interessante. E, pelo que vejo, continua sendo orientada a serviços.

Prezados, isso é tudo o que tenho a falar. Tenho quase certeza de que estou esquecendo de algo, mas se tiverem algo a questionar ou comentar… só usar o espaço de comentários do blog (prometo que não vou “moderar” nada).

UPDATE: O Tiago me mandou um e-mail e confirmou o que eu suspeitava – tudo foi uma série de mal-entendidos 😉

[]’s

Advertisements
Categories: Off-topic